Páginas

Pesquisar no Blog

sábado, 23 de abril de 2011

Chritina Pluhar - L'Arpeggiata: Via Crucis (Canções Populares Italianas,do Renascimento e do Barroco)



Chritina Pluhar conjuntamente com L'Arpeggiata, apresentam canções populares italianas (diretamente das ruas de Nápoles e Córsega), canções do Período renascentista e também do Barroco no álbum intitulado Via Crucis ou traduzindo Via Sacra.


Parece de fato estranho a junção de canções populares com músicas antigas, mas a seleção é bem arranjada e harmoniosa, porém devo expressar meu descontentamento com relação a uma canção popular onde uma italiana louca se balança freneticamente no palco para o assombro dos espectadores, mas após alguns segundos a italiana louca vira um espetáculo quase circense, quanto ao restante das músicas eu particularmente adorei.

Espero que possam conhecer um outro mundo da música erudita, que para mim é juntamente com o Barroco um dos melhores momentos, que é a música Renascentista que aqui praticamente está representada por Monteverdi.


De almas sinceras a união sincera

De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.

Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.

Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.

Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

(William Shakespeare)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página