Páginas

Pesquisar no Blog

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Café Filosófico - Especial Nietzsche


O filósofo alemão Nietzsche viveu de 1844 a 1900. Mesmo assim foi capaz de antecipar algumas questões que marcaram a vida e o pensamento dos séculos XX e XXI. Hoje, Nietzsche ainda desperta um grande interesse, tanto no meio acadêmico como fora dele. Mas por que as idéias deste filósofo continuam tão atuais? Para responder esta questão, a filósofa Viviane Mose apresenta alguns dos principais temas da filosofia de Nietzsche e nos mostram os aspectos da vida e da obra deste filósofo que são fundamentais para entendermos o fascínio que ele exerce na atualidade.

"Tudo vai, tudo volta; eternamente gira a roda do ser. Tudo morre, tudo refloresce, eternamente transcorre o ano do ser. Tudo se desfaz, tudo é refeito; eternamente constrói-se a mesma casa do ser. Tudo se separa, tudo volta a se encontrar; eternamente fiel a si mesmo permanece o anel do ser. Em cada instante começa o ser; em torno de todo o "aqui” rola a bola "acolá”. O meio está em toda parte. Curvo é o caminho da eternidade." (Nietzsche)

O "Eterno Retorno", a repetição incansável da vida humana, uma espécie de moral para um homem sem Deus, no "Eterno Retorno", Nietzsche diz que deve ser feito tudo da melhor maneira possível em sua vida como se ela se repetisse eternamente, ao fazer coisas ruins para si, sofreria eternamente com a repetição de más escolhas, e vice-versa, muito bem elucidado por Nietzsche e que ao meu ver se encaixa na teoria do Big Bang, pois se a matéria for predominante na expansão do universo, teríamos o chamado Big Crunch (o inverso do big bang, onde o universo se contraria até acumular o universo inteiro num espaço menor que um átomo) que possivelmente iria explodir e se transformar em um big bang novamente, isso poderia ser o eterno retorno de Nietzsche, ou também a teoria dos multiuniversos ou "Teoria M", onde diz que a colisão de duas p-branas poderiam ter criado o nosso próprio universo, dando a possibilidade que em nossa dimensão eu tenho uma atitude e em outra dimensão outra possibilidade de atitude e em cada universo diferente essas ações se repetirão eternamente - Por isso, pense antes de agir - graças a Nietzsche tive noites e noites de pirações filosóficas, que me fizeram analisar o mundo de uma maneira diferente, sinta o prazer da filosofia, e como diria Sócrates: "Tenha contrações mentais e sofra a maiêutica socrática na procura da verdade!"

* As branas são objetos estendidos que surgem na teoria das cordas. Dessa forma uma 1-brana é uma corda, uma 2-brana é uma membrana, uma 3-brana possui três dimensões estendidas e assim sucessivamente. De forma geral, uma p-brana possui p dimensões. (Wikipédia)

* O Big Bang é a teoria cosmológica dominante do desenvolvimento inicial do universo. Os cosmólogos usam o termo "Big Bang" para se referir à ideia de que o universo estava originalmente muito quente e denso em algum tempo finito no passado e, desde então tem se resfriado pela expansão ao estado diluído atual e continua em expansão atualmente. A teoria é sustentada por explicações mais completas e precisas a partir de evidências científicas disponíveis e da observação. De acordo com as melhores medições disponíveis em 2010, as condições iniciais ocorreram por volta de 13,3 a 13,9 bilhões de anos atrás. (Wikipédia)

* O Big Crunch é uma teoria segundo a qual o universo começará no futuro a contrair-se, devido à atração gravitacional, até entrar em colapso sobre si mesmo. Essa teoria suscita um mistério ainda maior de se analisar do que o Big Bang. (Wikipédia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página